Login  Recuperar
Password
  2 de Dezembro de 2020
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Nazaré
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Bloco de Esquerda leva dificuldades dos Bombeiros da Nazaré ao Parlamento

A aquisição de novas viaturas para os Bombeiros que perderam equipamentos durante o combate ao incêndio de Pedrógão Grande, em 2017, foi ao Parlamento, por iniciativa do Bloco de Esquerda.

12-11-2020 | JL

O deputado Ricardo Vicente destacou o caso dos Bombeiros Voluntários da Nazaré que não encontram soluções no Orçamento Estado, a respeito da falta de avaliação e planeamento presente num Orçamento sem Programa de Ação para a Gestão Integrada de Fogos Rurais e sem Programa de Qualificação dos Agentes, para as dificuldades que atravessam.
A corporação perdeu um carro de combate nos incêndios de Pedrógão, e o compromisso do Governo para a compra de novos carros ainda não se concretizou.
Para o deputado “o sistema de proteção civil tem sido colocado à prova como nunca nos últimos anos, desde os grandes incêndios de 2017 até à atual pandemia covid-19”.
Ricardo Vicente reuniu com responsáveis pelos Bombeiros Voluntários da Nazaré e falou das suas dificuldades, comuns a outras corporações, e para as quais não se encontram respostas adequadas neste Orçamento do Estado”.
“Nos incêndios de 2017 esta corporação perdeu um carro de combate nos incêndios de Pedrógão, receberam promessas do Governo para a compra de novos carros, mas até hoje ainda não chegaram. Será com este orçamento que se resolve? Há 5 anos que não recebem equipamentos de proteção individual para o combate aos incêndios. Como é que é possível esta ser uma das principais queixas de quem arrisca a vida para nos proteger a todos?”
Com a pandemia aumentaram as despesas com novas solicitações, aquisição de máscaras e desinfeção de equipamentos, mas o financiamento dos bombeiros não foi reforçado.
Para além da asfixia financeira, as corporações queixam-se, ainda, da ausência de formação, que não chega aos agentes, e que a escola profissional de bombeiros se dedica a promover formação em empresas onde se conseguem financiar em vez de formarem bombeiros nas instalações das corporações.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar

      Foz do Arelho - Aluger Apartamento T1, completamente equipado, perto da paia.
      Casa de Férias - Nazaré Casa T2, a 50m da praia, para férias no mês de Agosto.
      Albifeira - TimeShare Apartamento com vista para o mar em regime de timeshare.
      CLASSIFICADOS XTUDO.PT
      Turismo de Coruche

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]