Login  Recuperar
Password
  28 de Outubro de 2021
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Alcobaça
Gravar em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Caso dos Antigos Armazéns da Rua D. Pedro V arrasta-se em Tribunal

A solução para os antigos armazéns da rua D. Pedro V, que se encontram em avançado estado de degradação, aguarda o desfecho do recurso apresentado em Tribunal.

23-07-2021 | Paulo Alexandre

O caso opõe a autarquia aos proprietários dos armazéns arrasta-se desde as obras de requalificação da praça 25 de abril. O presidente da Câmara já defendeu a transformação do local num espaço verde com a instalação de obras de arte.

“Os armazéns devem ser demolidos porque não têm dignidade para estar ao lado do Mosteiro e de um Hotel de 5 estrelas, e instalado ali um jardim aprazível para usufruto do rio, com arte de rua, de referência, da autoria de algum artista de renome, que se constituam como um polo de atração, numa cidade histórica como Alcobaça”, explica o autarca.

Paulo Inácio salienta a mais-valia do protocolo formalizado, recentemente, entre a Câmara e a Direção-Geral do Património Cultural (DGPC) para requalificar a envolvente ao hotel do mosteiro.

A Câmara fez diversas aquisições das propriedades nas imediações do futuro hotel que cedeu, através de protocolo, à DGPC.

Os terrenos destinam-se ao concessionário do empreendimento de luxo que ali irá fazer um jardim de fruição pública e requalificar toda aquela área por onde se fará a entrada para o hotel.

“Fica durante o período de concessão com a gestão do espaço (da antiga discoteca, oficina) comprometendo-se a ceder aquela área ao hotel, para que ali serem instalados aspetos técnicas do alojamento, exigindo, em contrapartida, o ajardinamento e manutenção daquela área, que é, hoje, usada como parque e estacionamento. Uma parte ficará afeto ao estacionamento para o hotel, mas o restante, junto ao rio, passará a ser mais uma área publica de usufruto para todos os alcobacenses”.

O autarca lamenta, ainda assim, que a Direção-Geral do Património Cultural não tenha integrado, neste protocolo, a intervenção do Jardim do Obelisco.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar

      Foz do Arelho - Aluger Apartamento T1, completamente equipado, perto da paia.
      Casa de Férias - Nazaré Casa T2, a 50m da praia, para férias no mês de Agosto.
      Albifeira - TimeShare Apartamento com vista para o mar em regime de timeshare.
      CLASSIFICADOS XTUDO.PT
      Turismo de Coruche

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]