Login  Recuperar
Password
  23 de Janeiro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Política
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Alcobaça

Daniel Adrião contesta suspensão de 300 militantes do PS

A Comissão Política do PS aprovou, em dezembro, por larga maioria, a decisão de autorizar a abertura de processos de suspensão preventiva a cerca de três centenas de militantes que participaram em listas adversárias nas últimas eleições autárquicas.

12-01-2018 | Paulo Alexandre

Caberá à Comissão Permanente do PS o poder de deliberação em matéria de processos de suspensão preventiva, após ouvir cada um dos militantes visados.
A proposta de suspensão preventiva de três centenas de militantes, vinda da direção do PS, teve apenas cinco votos contra, de elementos conotados com a tendência minoritária do dirigente alcobacense Daniel Adrião.
De acordo com Carlos César, a suspensão preventiva destes militantes "implica necessariamente a suspensão de direitos, até a uma decisão ulterior da Comissão Nacional de Jurisdição do PS". "Estando suspensos, os militantes não poderão participar em atos eleitorais em posição ativa", nomeadamente nas eleições nas comissões políticas concelhias, agendadas para 18 e 19 de Janeiro.
O socialista Daniel Adrião classificou como "nula" a decisão tomada, alegando "não está previsto nos estatutos que essas decisões possam ser delegadas na Comissão Permanente do partido".
Daniel Adrião condenou a proposta de suspensão preventiva de militantes do ponto de vista político.
"O PS não ganha nada com estas purgas. As purgas não estão no código genético do PS, que tem uma cultura democrática, de liberdade, de tolerância, de respeito pelas diferenças, pelas divergências e no fim de reconciliação. O que foi feito violenta o património e o legado que nos foi deixado pelos nossos fundadores, designadamente por Mário Soares, que sempre quis que o PS fosse o partido da liberdade", declarou.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar

      Foz do Arelho - Aluger Apartamento T1, completamente equipado, perto da paia.
      Casa de Férias - Nazaré Casa T2, a 50m da praia, para férias no mês de Agosto.
      Albifeira - TimeShare Apartamento com vista para o mar em regime de timeshare.
      CLASSIFICADOS XTUDO.PT
      Turismo de Coruche

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]