Login  Recuperar
Password
  28 de Outubro de 2021
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Alcobaça
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Dois colaboradores do CEERIA afastados após auditoria interna

Dois colaboradores do CEERIA foram afastados após o apuramento dos resultados de uma auditoria interna à gestão da IPSS que detetaram um buraco financeiro superior a 200 mil euros.

23-07-2021 | PA

“A auditoria tem vários pontos e nalgumas rubricas é claro sobre o que aconteceu desde 2015 até 2021. Abriu-se um buraco financeiro, que não se abriu de repente. A auditoria tem duas fases, estando a primeira concluída e a segunda em curso, devendo ficar fechada dentro de dois meses”, explicou José Godinho, presidente da Direção.

A primeira auditoria revelou um buraco financeiro de 80 mil só no centro de reabilitação profissional.

“Quando tomámos posse, em janeiro de 2021, realizámos um processo de auditoria interna, e o resultado da mesma ao centro de reabilitação profissional, aos serviços administrativos e financeiros e centros de recursos para a inclusão, apresentaram dados que tornaram insustentáveis, pelo menos, 2 postos de trabalho. A ex-coordenadora do CRP [que já não faz parte do quadro do CEERIA] não terá executado da melhor forma as suas funções, o que levou a um buraco financeiro de 80 mil euros” o que, segundo José Godinho, resulta da “gestão danosa do próprio centro de reabilitação profissional”.

Para além da coordenadora do CRP, também o diretor financeiro deixou de exercer funções da instituição em resultado da auditoria que terá exposto, ainda, um défice de 138 mil euros no Centro de Recursos para a Inclusão.

“A competência da coordenadora não impediu que a anterior direção e os serviços administrativos e financeiros tivesses cometido falhas graves na sua gestão financeira”, refere o responsável atual que adianta que os valores apurados pela auditoria à gestão de 2015-2020 seriam do conhecimento da ex-direcção.

“Não é uma novidade. A única coisa que aconteceu foi que eu fiz uma auditoria interna e as coisas estão a acabar por vir ao cimo”.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar

      Foz do Arelho - Aluger Apartamento T1, completamente equipado, perto da paia.
      Casa de Férias - Nazaré Casa T2, a 50m da praia, para férias no mês de Agosto.
      Albifeira - TimeShare Apartamento com vista para o mar em regime de timeshare.
      CLASSIFICADOS XTUDO.PT
      Turismo de Coruche

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]