Login  Recuperar
Password
  8 de Dezembro de 2021
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Ocorrências
Gravar em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Homem que perseguiu de carro e agrediu o pai em Alcobaça vai ser julgado em março

O homem que perseguiu de carro e agrediu o pai, de 90 anos, em Alcobaça, vai começar a ser julgado em março, no Tribunal Judicial de Leiria, por ofensa à integridade física qualificada e condução perigosa.

04-02-2021 | PA

O arguido, de 59 anos, responde ainda por uma contraordenação muito grave, de acordo com a acusação do Ministério Público (MP).
Na sua página na Internet, o MP divulgou que os factos ocorreram no dia 13 de junho de 2020, quando o arguido “perseguiu, de carro, o seu pai, de 90 anos, violando grosseiramente as regras de circulação rodoviária, e o molestou fisicamente, desferindo-lhe pancadas no peito, zona abdominal e braço esquerdo, com um cinto e bofetadas na face, dentro do veículo em que o mesmo se fazia transportar”.

Em consequências das agressões, que na altura foram divulgadas através da rede social Facebook, a vítima sofreu “lesões na face e no tórax”, nomeadamente “escoriações e equimoses”, pode ainda ler-se.

Na sequência das agressões foi determinado à vítima “um período de dez dias de doença, dois dos quais com incapacidade para o trabalho geral”, refere ainda o MP.

O arguido foi detido no dia 17 de junho, na sequência de um mandado de detenção, tendo sido presente a primeiro interrogatório judicial.

Desde essa data encontra-se sujeito às medidas de coação de proibição de contactar a vítima e de frequentar ou permanecer na área de residência da mesma.

O inquérito foi dirigido pelo Ministério Público da Unidade de Alcobaça do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) da comarca de Leiria, com a coadjuvação da Esquadra de Alcobaça da Polícia de Segurança Pública (PSP).

O julgamento está marcado para o dia 01 de março, no Tribunal Judicial de Leiria.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar

      Foz do Arelho - Aluger Apartamento T1, completamente equipado, perto da paia.
      Casa de Férias - Nazaré Casa T2, a 50m da praia, para férias no mês de Agosto.
      Albifeira - TimeShare Apartamento com vista para o mar em regime de timeshare.
      CLASSIFICADOS XTUDO.PT
      Turismo de Coruche

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]