Login  Recuperar
Password
  16 de Julho de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Cultura, Economia, Sociedade, Alcobaça, Regional, Política
Gravar em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Agricultura da região valorizada

29-03-2006 |


Inauguração da “I Feira Agrícola de Alcobaça”

Terminou no passado domingo a “I Feira Agrícola de Alcobaça”

“I Feira Agrícola de Alcobaça” alcançou os objectivos traçados pela organização

Liliana João

Terminou no passado domingo a “I Feira Agrícola de Alcobaça”, realizada no Mercoalcobaça, numa organização conjunto da Câmara municipal de Alcobaça, da Associação dos Agricultores da Região de Alcobaça (AARA) e da Associação dos Produtores Florestais da Região de Alcobaça (APFRA), um certame agrícola teve como objectivo a divulgação e promoção das actividades agropecuárias e florestais mais importantes da região, oferecendo aos visitantes um contacto directo com empresas envolvidas nos diversos sectores, com relevância para o sector agro-pecuário.



Num total de 75 stands, estiveram presente no certame empresas de vários sectores, como máquinas e equipamentos relacionadas com a actividade agrícola, assim como produtos alimentares, como foi o caso da “Maçã de Alcobaça”, e alimento para os animais. No exterior do Mercoalcobaça esteve exposta ainda uma tenda dedica exclusivamente à suinicultura. Durante os vários dias da feira decorreram vários colóquios dedicados a temas como a vinicultura, a suinicultura, as florestas e a fruticultura. O primeiro dia do certame foi marcado pelo lançamento do livro “Seiva Sagrada”, um livro dedicado à agricultura da região de Alcobaça, enquanto que o passeio equestre “Cavalgando por terras de Cister”, organizado pela Associação Hípica de Alcobaça, assinalou a encerramento das actividades fora do recinto da exposição (Mercoalcobaça), desta “I Feira Agrícola de Alcobaça”.

Promover vários sectores

Pedro Caldo, presidente da AARA, no primeiro dia do certame revelou que “como é a primeira vez que é organizada, é lógico que notei alguns erros, erros esses que não nada de especial, mas que espero que para o ano sejam ultrapassados”. “A feira foi dedicada aos quatro sectores que a Associação representa: suinicultura, vinicultura, fruticultura e floresta”, explicou o presidente da AARA, lamentado que “a falta de espaço que impossibilitou que tivéssemos mais expositores”.

Tendo como evento como objectivo principal promover a agricultura da região de Alcobaça, Pedro Calado mostrou-se ”muito satisfeito com os resultados, tendo em conta que foi a primeira edição desta feira”. Não apontando uma data para a próxima edição da “Feira Agrícola de Alcobaça”, Pedro Calado diz que “em princípio, tudo aponta para que haja uma segunda edição mas ainda é um pouco cedo”. Segundo o presidente da AARA, “responsáveis pelos expositores ficaram bastante satisfeitos com o certame, informação recolhida num inquérito feito pela Associação no último dia da feira, e mostram-se muito receptivos a mais uma edição da feira”.

Gonçalves Sapinho, presidente da Câmara Municipal de Alcobaça acredita que “este tipo de evento que valoriza os produtos da região e própria região só ajuda a divulgar Alcobaça, contribuindo em muito, entre outras coisas, para o sector do turismo, uma forte aposta da autarquia para o desenvolvimento do concelho”.

Valências do concelho

Luís Vieira, secretário de Estado Adjunto da Agricultura, esteve presente na sessão de abertura da feira e classificando-a como “uma óptima impulsionadora da agricultura da região”, onde é promovido “um concelho que tem um conjunto de valências agrícolas extremamente importantes, em sectores que mostram dinâmica competitiva, nomeadamente o sector da fruticultura, o sector do vinho, o sector da floresta e que estão aqui muito bem representados”.

“O mercado existe, a fruticultura e a horticultura não estão sujeitos a limites de produção, a quotas de produção da União Europeia, surge uma boa perspectiva de produção e por exemplo, a “Maça de Alcobaça” tem todas as condições para se poder projectar no mercado europeu e internacional”, referiu Luís Vieira, acrescentando que “devemos apostar naquilo que Portugal tem de melhor, produzindo com qualidade, porque quem não produzir com qualidade será afastado do mercado”. “Iremos privilegiar os apoios à promoção e à exportação”, acrescentou ainda Luís Vieira.

Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar

      Foz do Arelho - Aluger Apartamento T1, completamente equipado, perto da paia.
      Casa de Férias - Nazaré Casa T2, a 50m da praia, para férias no mês de Agosto.
      Albifeira - TimeShare Apartamento com vista para o mar em regime de timeshare.
      CLASSIFICADOS XTUDO.PT
      Turismo de Coruche

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]