Login  Recuperar
Password
  17 de Agosto de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Alcobaça
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Substituição da iluminação pública por LED's no concelho de Alcobaça

Alcobaça está a substituir a iluminação pública por soluções mais eficientes. Os trabalhos de substituição da iluminação pública por LED's no concelho de Alcobaça teve início no passado dia 15, em São Martinho do Porto.

01-08-2019 | Paulo Alexandre

Segundo Paulo Inácio, presidente da câmara, “nos próximos 2 meses serão colocadas 11 600 unidades, o que representará uma maior eficiência energética e ganhos significativos para o erário público”.
Estima-se que Alcobaça venha a poupar cerca de 650 mil euros por ano.
“Este é o primeiro passo, a que se seguirão outros, nomeadamente no próximo quadro comunitário, com a incorporação, nestas novas luminárias, de mecanismos de videovigilância, de monitorização de tráfego, entre outros”.
A Comunidade Intermunicipal do Oeste e a Oeste Sustentável – Agência Regional de Energia e Ambiente da Região Oeste estimam poupar 3,4 milhões de euros por ano na fatura energética dos doze Municípios da Região Oeste, com este projecto, a iniciativa surge no âmbito do Projeto OesteLED ESE que vai substituir os sistemas de iluminação pública da Região por lâmpadas LED.
Este processo foi iniciado a 13 de maio, no município do Bombarral.
A Região Oeste apresenta uma fatura energética de cerca de 6,5 milhões de euros por ano, e 17,1 toneladas de emissões de gases de efeito de estufa.
A substituição de cerca de 68.500 pontos de luz é a grande meta, o que representa uma redução de 26,4 GWh (de 36 para 10kwh/ano), o equivalente a aproximadamente 7500 habitações e a uma redução de 12,4 toneladas de CO2.
A poupança estimada na fatura energética da Região Oeste representará uma redução de 72,42%, passando de 4,7 milhões de euros para 1.3 milhões de euros por ano.
Esta iniciativa constitui o 10º maior projeto de iluminação pública LED do mundo e o maior no país.
O projeto não se esgota na substituição de luminárias”, pretendendo-se, por um lado, avançar com o projeto na sua versão 4.0, ou seja numa perspetiva SMART REGION e, também, muito importante, que o resíduo produzido com esta substituição “seja aplicado a um projeto de educação ambiental, muito focalizado na problemática das alterações climáticas.
Deste modo, através do OesteLED ESE “até ao final do ano temos uma região mais sustentada” e que “cumpre com os desígnios do Pacto dos Autarcas que foi subscrito por todos os municípios”.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar

      Foz do Arelho - Aluger Apartamento T1, completamente equipado, perto da paia.
      Casa de Férias - Nazaré Casa T2, a 50m da praia, para férias no mês de Agosto.
      Albifeira - TimeShare Apartamento com vista para o mar em regime de timeshare.
      CLASSIFICADOS XTUDO.PT
      Turismo de Coruche

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]