Login  Recuperar
Password
  24 de Janeiro de 2019
Estão utilizadores online Existem actualmente entidades no directório

Pode fazer o registo (grátis) do seu mail pessoal/ profissional e ter acesso privado, password e serviços personalizados, nos sites e redes sociais dos jornais. Terá uma assinatura digital de Grupo (gratuita), mas personalizada. Pretende registar-se?

Registar-se com o seu email pessoal/ profissional

(aguarde 5)
Siga a nossa página Facebook Siga a nossa página Google Plus Siga-nos no YouTube Siga-nos no Twitter Dispositivos móveis Assine a edição impressa
Nazaré
Imprimir em PDF    Imprimir    Enviar por email   Diminuir fonte   Aumentar fonte

Painéis de azulejos da estação de Valado dos Frades estão a ser restaurados

A Infraestruturas de Portugal está a efetuar trabalhos de conservação e restauro nos painéis de azulejos da estação de comboios de Valado dos Frades, que integra o plano de obra em sete estações da centenária linha ferroviária do Oeste (Sintra/Figueira da Foz).

10-01-2019 | JL

A intervenção está a ser feita nas estações de Mafra, Outeiro (Torres Vedras), Bombarral, Óbidos, Caldas da Rainha, Valado (Nazaré) e de Leiria, informou a Infraestruturas de Portugal, em comunicado
Os trabalhos de conservação envolvem um investimento de cerca de 180 mil euros, estimando-se a sua conclusão no primeiro semestre de 2019.
As intervenções contemplam a remoção de azulejos destacados dos painéis, limpeza, colagens, consolidações, tratamento do suporte, preenchimentos, consolidações, reintegrações cromáticas e refrescamento de juntas.
Entre o património restaurado, os mais antigos são os azulejos da estação de Caldas da Rainha, fixados em 1924 por Carlos Aleluia, retratando locais emblemáticos da cidade, como a Praça da República, o Hospital Termal e o Parque D. Carlos I, assim como o artista Bordalo Pinheiro.
Os azulejos das restantes seis estações intervencionadas, todos a retratar espaços dos respetivos concelhos ou tradições e trabalhos ligados à viticultura, como a do Bombarral, foram colocados entre 1929 e 1943 e são de autoria de Carlos Mourinho, Gomes Salvador, J. Oliveira, Jorge Pinto, José Vitória Pereira, Ernesto Korrod, Leopoldo Battistini e Luís Fernandes.
A Linha do Oeste começou a ser construída nos finais do Século XIX, tendo o seu primeiro lanço, Alcântara-Cacém, sido inaugurado em 02 de abril de 1887, ano em que a linha chegou a Torres Vedras, Caldas da Rainha e a Leiria e, no ano seguinte, à Figueira da Foz.
Tags:
COMENTÁRIOS
Deverá efectuar Login ou fazer o Registo (Grátis) para poder comentar esta notícia.
pub
Ciência & Tecnologia

A carregar, por favor aguarde.
A Carregar

    Notícias Institucionais

    A carregar, por favor aguarde.
    A Carregar

      Foz do Arelho - Aluger Apartamento T1, completamente equipado, perto da paia.
      Casa de Férias - Nazaré Casa T2, a 50m da praia, para férias no mês de Agosto.
      Albifeira - TimeShare Apartamento com vista para o mar em regime de timeshare.
      CLASSIFICADOS XTUDO.PT
      Turismo de Coruche

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]

      [Titulo] [Titulo]

      [Inserir descrição]